domingo, 7 de agosto de 2011

FÁBULAS JUDAÍCAS

Lemos constantemente as escrituras sagradas e quando nos deparamos com uma expressão tão simples jamais imaginamos que até os dias de hoje elas são o motivo de criar heresias dentro da igreja de Cristo. Tito 1:14,15a,,"e não se ocupem com fábulas judaícas, nem com mandamentos  de homens desviados da verdade. Todas as coisas são puras para os puros.."FÁBULAS NO DICIONÁRIO QUE DIZER: Composição geralmente em verso, em que se narra um fato cuja verdade moral se oculta sob o véu moral se oculta sob o véu da ficção.1. Mitologia, 2.Mentira, 3. Ficção, falsidade, 4 Sucesso invejado.
Acredita-se que os judeus contavam fábulas sobre fatos ocorridos na ocasião e para não ser esquecido no meio de seu povo e ter uma linguagem para todas as gerações. Um dos fatos que podemos ilustrar aqui é o fato de Elias ter se reencarnado em outras gerações. A aparição de Elias e Moisés na transfiguração do monte junto com Jesus demonstra claramente que Jesus não foi a reencarnação  de Elias e João Batista também não era a reencarnação de Elias. Fábulas mexem com a imaginação das pessoas e tiram o foco da realidade. Na época do nascimento de João Batista e Jesus existia uma religião, ou uma filosofia de vida denominada de Essênios, onde prezavam  pela purificação através das águas, comiam gafanhotos e aguardavam a vinda de Elias. Fábulas, não eram poucas, suas inúmeras divulgações causavam confusão no meio da igreja de Cristo, e foi mencionada pelo apóstolo Tito como um sinal de alerta. Para aqueles que leem a bíblia, as revelações ali contidas se esclarecidas pelo Espírito Santo e ensinadas por pessoas de Deus  são o poder de Deus e transformadoras, mas se reveladas por estudiosos e leigos, se tornam fantasias, fábulas e " quem conta um conto aumenta um ponto", foge da verdade que salva. Não devemos fugir daquilo que as escrituras tem para nós, como o apóstolo Paulo falou: não aceitem um novo evangelho e nem uma nova revelação, ainda que venha de mim ou trazida por algum anjo.
Não precisamos de novidades, nem de fábulas, nem de estudos inovadores, mas precisamos conhecer o que as escrituras ainda tem para nos dizer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FICO FELIZ POR VOCÊ PARTICIPAR DE MINHAS POSTAGENS TÃO ATIVAMENTE.
UM ABRAÇÃO!